ABFIP condecora pesquisadores do Dakila por descobertas científicas sobre formato da Terra

          Em reconhecimento à importância dos experimentos científicos que comprovam que a Terra não é esférica e sim plana nas águas e convexa nos continentes, pesquisadores e cientistas do Dakila Pesquisas, autores do estudo, foram condecorados, nesta quarta-feira (13), na Câmara Municipal de São Paulo (SP), pela Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz da ONU (Abfip/ONU). Os 33 homenageados receberam a Medalha de Mérito Cabo Carlos Adalberto Ilha De Macedo "Heróis da Guerra dos Seis Dias", juntamente com diplomas e botons. Esta foi a primeira vez que a entidade outorgou medalhas no campo científico.
           Conforme o diploma recebido pelos cientistas, a honraria instituída pela Resolução ABFIP - 001/18 confere a comenda aos homenageados do Dakila Pesquisas por "sua meritória atuação junto as Forças de Segurança, enaltecendo o nome do Brasil e pela sua dedicação à preservação da memória histórica da atuação dos veteranos do Btl Suez".
         Os experimentos científicos foram divulgados no longa-metragem Terra Convexa: O Documentário, lançado mundialmente em março, em 13 idiomas. Realizados ao longo de sete anos, os estudos foram feitos em diferentes pontos no mundo, com acompanhamento de instituições governamentais e de profissionais de vários segmentos do Brasil e de outros países, como astrônomos, cartógrafos, geólogos, topógrafos e engenheiros civis.
          Segundo Urandir Fernandes de Oliveira, presidente do Dakila Pesquisas, esta comenda representa uma vitória não somente dos pesquisadores e cientistas que participaram dos experimentos, mas de toda humanidade. "O intuito dos nossos estudos foi investigar as inconsistências apresentadas pela ciência em relação ao formato da Terra e os resultados derrubaram a tese de que ela é esférica. Transmitir estas informações à humanidade não tem sido fácil porque esbarramos em paradigmas e em teorias e leis da física e da matemática que estão erradas, mas este reconhecimento nos dá ainda mais fôlego para continuar a busca e a disseminação da verdade", afirma Oliveira.
         Durante a solenidade, o presidente da Abfip/ONU, Walter Mello de Vargas, disse que este foi o primeiro passo para uma parceria entre a entidade e o Dakila Pesquisas visando o bem da humanidade. "Estamos unidos pelos mesmos objetivos, por caminhos diferentes, mas os objetivos são os mesmos. Hoje é um dia especial por ter a presença de vocês aqui, espero que seja o primeiro de muitos e que venhamos a conversar para planejar muitos projetos para o bem", declara Vargas.
Terra Convexa
           Utilizando equipamentos de última geração, foram realizados sete experimentos científicos: geodésico, que consiste em medir dois prédios com ampla distância, tendo como referência o nível do mar; experimento a laser para verificar a planicidade das águas; nivelamento das águas; Distorções óticas relacionadas a processos reflexivos; experimento de barcos na linha do horizonte; experimentos da gravidade e dos corpos celestes.
         O documentário, a metodologia e a tecnologia empregadas estão disponíveis no site terraconvexa.com.br. "Convidamos todos os cientistas, de qualquer parte do mundo, a refazerem os experimentos científicos para averiguar os resultados. Daremos todo o suporte necessário", ressalta Urandir Fernandes de Oliveira.
Website: http://www.terraconvexa.com.br
Compartilhar no Google Plus